Mais de 20 feridos em explosão de fábrica no Kentucky

Uma explosão seguida de incêndio numa fábrica de equipamentos de isolamento térmico e acústico deixou nesta quinta-feira pelo menos 26 funcionários da empresa feridos, 11 deles em estado grave. Uma espessa coluna de fumaça negra subia da fábrica da CTA Acoustics em Corbin, no Estado norte-americano de Kentucky. A causa de explosão ainda é desconhecida. Especialistas foram enviados ao local para investigar o incidente.Os funcionários feridos foram levados para pelo menos cinco diferentes hospitais da região. O doutor George Liu, um cirurgião do Centro Médico Batista de Corbin, disse que pelo menos oito pessoas estavam internadas ali com mais de 80% do corpo queimado."Como médicos, somos preparados para tragédias, mas eu nunca vi nada assim", garante Liu. "O melhor que os amigos e parentes podem fazer é rezar por essas pessoas." Autoridades locais fecharam um trecho de 21 quilômetros da rodovia interestadual 75 por cerca de uma hora, devido aos temores de que a fumaça fosse tóxica.No entanto, Jim Tomaw, advogado da CTA, disse que não havia nenhum produto tóxico na fábrica, que produz equipamentos de isolamento térmico e acústico para uso industrial.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.