AP Photo/Sackchai Lalit
AP Photo/Sackchai Lalit

Mais de 20 países emitem avisos para quem pretende viajar para a Tailândia

Atentado de ontem já prejudica o turismo no país; hotéis e companhias aéreas registram um grande número de cancelamento de reservas

O Estado de S. Paulo

18 de agosto de 2015 | 12h21

BANGCOC - Neste momento, 23 países estão emitindo avisos para as pessoas que pretendem viajar para a Tailândia, cuja capital foi palco de um atentado que matou 22 pessoas ontem e deixou centenas de feridos.

A maioria dos países, incluindo França, Japão, Suíça e EUA, pediram aos viajantes que redobrem os cuidados enquanto estiverem na Tailândia, segundo o diário Bangkok Post.

Somente Hong Kong pediu que chineses evitem viagens para o país que não sejam de extrema necessidade.

O ministro de Defesa tailandês, Prawit Wongsuwan, disse que o atentado tinha como objetivo causar o maior número de vítimas possível e prejudicar o turismo, fundamental na economia do país.

Hotéis, agências de turismo e companhias aéreas registram o maior número de cancelamento de reservas em razão dos ataques.

Autoridades estão em busca do suspeito de ter cometido o ataque que apareceu em imagens gravadas por câmeras de segurança. /EFE


Tudo o que sabemos sobre:
Tailândiaatentadoterrorismo

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.