Mais de 200 fogem de prisão atingida por maremoto

Mais de 200 prisioneiros escaparam de uma prisão na província indonésia de Aceh depois que um tsunami (maremoto) derrubou as paredes do local, informou o chefe de polícia da cidade de Pidie, Ali Taruna Jaya. Ele contou que apenas um pequeno número se entregou depois às autoridades. "Parece que alguns escaparam para ficar mais seguros depois que o tsunami atingiu a prisão", disse Jaya a uma TV local.Não houve relato de morte de presos. Também não ficou claro se algum dos fugitivos pertencia ao grupo que luta pela independência de Aceh, uma província indonésia rica em petróleo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.