Mais de 200 militares participam de parada gay nos EUA

Mais de 200 soldados da ativa e veteranos de guerra tremulavam bandeirolas dos Estados Unidos junto com faixas com as cores do arco-íris na parada gay de San Diego, realizada hoje. Acredita-se que esta seja a primeira vez que um grupo identificável de militares da ativa tenha participado de uma marcha do orgulho gay nos Estados Unidos.

AE, Agência Estado

16 de julho de 2011 | 18h28

Milhares de pessoas que acompanhavam a parada aplaudiram a passagem dos militares. Os soldados e veteranos vestiam camisetas identificando onde serviam ou haviam servido enquanto uma mulher exibia um cartaz com os dizeres "servi com orgulho em silencia durante nove anos".

A marcha ocorre um dia depois de um tribunal federal norte-americano ter ordenado ao exército que mantenha temporariamente a política de "não pergunte, não conte", mas desautorizado o governo de investigar ou punir militares que sejam abertamente homossexuais. As informações são da Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
EUAparada gaymilitares

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.