Mais de 200 pessoas presas durante feriado na Polônia

A polícia prendeu 220 pessoas envolvidas em confrontos entre manifestantes e policias que eclodiram nesta terça-feira na Varsóvia. Os episódios de violência que aconteceram durante as celebrações do Dia da Independência na Polônia se tornaram recorrentes nos últimos anos.

Estadão Conteúdo

11 de novembro de 2014 | 19h10

De acordo com a polícia, 23 policiais ficaram feridos nos confrontos. Os manifestantes, alguns mascarados, atiraram pedras e rojões na polícia, que disparou um canhão de água em resposta.

Os manifestantes estavam entre dezenas de milhares de pessoas que participaram de uma marcha organizada por grupos nacionalistas extremistas. A polícia acredita que eles pertencem a clubes de futebol locais.

Mais cedo, o presidente Bronislaw Komorowski liderou as celebrações oficiais e uma marcha para o feriado que celebra a recuperação da independência da Polônia após a Primeira Guerra Mundial. Fonte: Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
Polôniaprotestos

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.