Mais de 26 mil pessoas estão sem moradia em Mianmar

O número de pessoas que ficaram sem moradia após conflitos em Mianmar na semana passada soma 26.500, informou neste domingo a Organização das Nações Unidas (ONU). Bairros inteiros foram destruídos em confrontos entre budistas e muçulmanos no estado de Rakhine.

AE, Agência Estado

28 de outubro de 2012 | 15h17

Cerca de 75 mil pessoas já estão em campos de refugiados superlotados após a violência eclodir em junho. A ONU estima que mais 26.500 - incluindo 4 mil que fugiram em barcos à capital do estado - foram forçados a sair de suas casas no último episódio de violência.

Milhares de casas foram destruídas numa onda de incêndios criminosos. A maioria dos que ficaram sem teto continuaram perto de suas vilas, segundo a ONU, levantando preocupações em relação à ajuda em áreas remotas. As informações são da Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
MianmarconflitosdesabrigadosONU

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.