Mais de 4.000 soldados marcham sobre o norte de Faluja

Mais de 4.000 homens do Exército e dos fuzileiros navais americanos abriram caminho pelo nordeste de Faluja, região da cidade onde o domínio dos rebeldes é maior, dando início à Operação Fúria Fantasma, elaborada com o objetivo de pôr fim a mais de seis meses de controle insurgente sobre a área.Antes do assalto terrestre ao bairro Askani houve uma barragem esmagadora de artilharia e ataques aéreos. A primeira invasão veio diretamente do norte da cidade, onde a Equipe Regimental 1 de Combate dos Fuzileiros - mais de 4.000 fuzileiros navais e soldados do Exército, além de iraquianos leais ao governo - vinha se agrupando desde sábado. Essas tropas, apoiadas por tanques e blindados da cavalaria, invadiram o distrito de Jolan, centro histórico de Faluja.Enquanto o ataque ocorre, todas as comunicações na área, incluindo telefones celulares ou via satélite, estão sendo bloqueadas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.