Mais de 5 mil candidatos se registram a eleição no Irã

O ministro de Interior do Irã, Mostafa Mohammad Najjar, informou que um total de 5.395 potenciais candidatos, sendo 428 mulheres, se registraram para as eleições parlamentares de 2 de março.

AE, Agência Estado

31 de dezembro de 2011 | 12h13

Cada candidatura será analisada pelo Conselho dos Guardiães, um painel de clérigos e juristas conservadores, que vetará os que não atenderem aos critérios estipulados para ocupar uma das 290 cadeiras do parlamento. O ministro afirmou que o período de registros terminou na noite de ontem.

A eleição de março será disputada entre os partidários e opositores do presidente iraniano, Mahmoud Ahmadinejad. Os principais partidos reformistas comunicaram que não apresentarão qualquer candidato porque os requisitos básicos para uma votação livre e justa não foram cumpridos. A eleição parlamentar não deve mudar o rumo do Irã, que é determinado pelo supremo líder, o aiatolá Ali Khamenei. As informações são da Associated Press e da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
Irãeleições

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.