Mais de 50% dos uruguaios apóiam Tabaré Vázquez

O presidente do Uruguai, Tabaré Vázquez, completa nesta quarta-feira um ano no poder. Uma pesquisa realizada pelo consultoria Interconsult indicou que ao concluir a lua-de-mel do socialista Vázquez com os uruguaios, o presidente conta ainda com uma elevada popularidade. Segundo a pesquisa, 54% dos entrevistados aprovam a gestão do presidente. Essa proporção é superior aos votos conseguidos na eleição presidencial de 2004, quando obteve o respaldo de 50,5% dos uruguaios. O nível de desaprovação de Vázquez é de 21%. A proporção de uruguaios neutros, que não apóiam nem criticam a administração presidencial é de 25%. Segundo a pesquisa da Interconsult, a gestão da totalidade do governo é aprovada por 45% dos uruguaios. Entre os eleitores simpatizantes da coalizão de governo, a Frente Ampla, Vázquez conta com um respaldo de 86% dos entrevistados. Vázquez foi o primeiro socialista a chegar ao poder no Uruguai. Sua eleição, em novembro de 2004, acabou com 174 de alternância no poder entre os Partidos Colorado e Nacional (também conhecido como "Partido Blanco"). Mesmo ocupado com a presidência da República, Vázquez - o principal oncologista do Uruguai - não abandonou seus pacientes. Uma vez por semana dispensa algumas horas para deixar de lado a faixa presidencial e ostentar o jaleco branco de médico para receber os clientes. Além disso, Vázquez continua morando em sua residência no bairro de El Prado. Ele se recusou a mudar-se para o palacete presidencial de Suárez. O presidente também gosta de dirigir ele próprio seu carro, dispensando o chofer e o veículo oficial.

Agencia Estado,

01 Março 2006 | 00h41

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.