Mais de 50 morrem em combates no sul das Filipinas

Mais de 50 pessoas, incluindo pelo menos25 soldados filipinos, foram mortas em intensos combates entrerebeldes muçulmanos e tropas do governo na remota ilha de Jolo,informaram autoridades militares na sexta-feira (horáriolocal). Os combates, concentrados na cidade de Maimbung, começaramno início da quinta-feira, quando rebeldes mataram novesoldados e feriram outros dois em uma emboscada. Um dossoldados feridos na ocasião morreu mais tarde. Tropas de reforço foram chamadas às pressas para o local eos soldados começaram a perseguir os rebeldes. Em um tiroteio também ocorrido na quinta-feira, pelo menos10 soldados morreram, segundo o Major Eugene Batara, porta-vozna cidade de Zamboanga, quartel-general de um comando militar. As batalhas estenderam-se pela noite e pelo menos maiscinco soldados foram mortos, disseram outras autoridadesmilitares. Elas acrescentaram que pelo menos 27 rebeldes forammortos e outros 10 feridos. Um garoto morreu em meio ao fogocruzado. A ilha tropical de Jolo, reduto de militantes islâmicos nopaís majoritariamente católico, tem presenciado uma escalada naviolência desde que as forças do governo começaram a recolherarmas não-licenciadas dos civis. (Por Manny Mogato)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.