Mais de 50 mortos em ataque a mercado em Bagdá, diz Al-Jazira

Um novo bombardeio sobre um mercado no oeste de Bagdá causou pelo menos 55 mortes e deixou um mínimo de 50 feridos, garante a rede de televisão Al-Jazira. A TV mostrou imagens de cadáveres de adultos e de crianças, que declarou serem vítimas do ataque.A emissora exibiu imagens gravadas pouco depois do anoitecer em Bagdá, num hospital para onde haviam sido levados diversos corpos. Num primeiro momento viu-se a multidão, frente à porta do hospital, fazendo uma corrente humana por onde passavam caixas abertas, contendo corpos despedaçados.Dentro do edifício viam-se muitos corpos espalhados pelo chão, cobertos com panos sujos e empapados de sangue. Numa tomada posterior viu-se um necrotério, da onde eram removidos cadáveres, pelo menos dois, de crianças. Em seguida mostraram-se feridos, incluindo muitas crianças.A Al-Jazira não mostrou o local do massacre, mas afirmou que ainda há um número desconhecido de desaparecidos. O repórter da rede de TV do Catar explicou que o mercado atingido é próximo de um local de oração xiita, normalmente muito freqüentado às sextas-feiras, o dia de repouso dos muçulmanos. Veja o especial :

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.