Mais de 60 talibãs morrem em combates no Afeganistão

Cerca de 4.100 pessoas morreram este ano por causa da violência no país

EFE

12 de outubro de 2008 | 05h23

Pelo menos 62 supostos talebans morreram durante o transcurso de uma ofensiva das forças afegãs e internacionais na instável província de Helmand, informou uma fonte oficial. O porta-voz do governador provincial da província afegã, Dawoud Ahmadi, explicou que um grupo de insurgentes atacou postos policiais no sábado à noite e se iniciaram alguns combates que incluíram ataques aéreos das tropas estrangeiras destacadas no país. Ahmadi não pôde confirmar se os bombardeios foram realizados por forças da Otan ou da coalizão liderada pelos Estados Unidos, embora na zona se concentram tropas britânicas da Força Internacional de Assistência à Segurança (Isaf), sob comando da Otan. A troca de fogo e os bombardeios aconteceram em Lashkar Gah, a capital de Helmand, e duraram até a primeira hora da manhã, segundo Ahmadi. Helmand é, junto com Kandahar, um dos principais redutos da insurgência taleban, que está estendendo suas operações a outras regiões do leste e do oeste afegão. Cerca de 4.100 pessoas morreram este ano por causa da violência no Afeganistão.

Tudo o que sabemos sobre:
TALEBANAFEGANISTÃO

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.