Anthony Wallace / AFP
Anthony Wallace / AFP

Mais de 70% dos americanos aprovam as conversas diretas entre Trump e Kim Jong-un

Apesar do apoio, pesquisa mostra que muitos duvidam que diálogo seja significativo

O Estado de S.Paulo

13 Junho 2018 | 07h29

Uma pesquisa realizada pelo Pew Research Center mostra que sete em cada dez americanos aprovam o diálogo entre o presidente dos EUA, Donald Trump, e o líder da Coreia do Norte, Kim Jong-un. Na terça-feira, 12, os dois participaram de uma cúpula histórica com o objetivo de discutir a desnuclearização da Península Coreana.

+ Encontro ameaça fragilizar alianças dos EUA na Ásia

+ Trump recua forças na Ásia e em troca Kim acena com plano vago de desarme

O estudo aponta que 71% dos americanos são favoráveis às conversas diretas entre Washington e Pyongyang, enquanto 21% reprovam a aproximação. Apesar do apoio, muitos duvidam que o diálogo seja significativo.

+ Ex-astro do basquete Rodman chora após cúpula de Trump e Kim e pede 'parte do Nobel da Paz'

+ Análise: Os vencedores e os perdedores na cúpula histórica entre Trump e Kim

Cerca de 50% dos entrevistados acreditam que a Coreia do Norte não encara de forma séria as preocupações sobre seu programa nuclear. Além disso, 75% veem o programa como uma ameaça grave aos EUA, enquanto somente 3% acreditam que ele não representa perigo.

A pesquisa foi feita com 1.503 adultos entre os dias 25 de abril e 1.º de maio. O questionamento sobre a visão do programa nuclear como ameaça ou não envolveu a participação de 1.504 adultos entre os dias 25 e 30 de outubro.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.