Mais de 800 mil fiéis em missa de Bento XVI na Polônia

Mais de 800 mil fiéis foram neste domingo à esplanada de Blonia, na Cracóvia, para assistir à última missa da viagem do Papa Bento XVI à Polônia, segundo indicou o porta-voz da polícia nacional polonesa, Xbigniew Matwiej."Recordo que em sua última viagem à Polônia, o Papa João Paulo II não pôde estar aqui conosco porque estava resfriado. Por isso eu queria estar aqui hoje, para poder ver o Papa esta vez", declarou Zofia Jaskolska, uma jovem de 25 anos que dirigiu durante sete horas para poder estar presente na celebração.Ela agradeceu a Bento XVI "o esforço que está fazendo para estar perto de nós". "Estava preocupada se depois da morte de João Paulo II as coisas pudessem ser diferentes, mas agora vejo que nada mudou. João Paulo II estava perto do jovens. Bento XVI é igual", acrescentou.Após a celebração dominical, Bento XVI colocará fim a seus quatro dias de visita à Polônia indo ao antigo campo de extermínio de Auschwitz-Birkenau, onde as tropas nazistas de Adolf Hitler mataram cerca de 1,1 milhão de mulheres, homens e crianças judias.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.