AFP PHOTO / Delil souleiman
AFP PHOTO / Delil souleiman

Mais de 90% dos curdos iraquianos votaram a favor da independência em referendo

Comitê eleitoral afirmou que 72% da população compareceu à votação, que desagradou o governo de Bagdá e quase todos os países da região, exceto Israel

O Estado de S.Paulo

27 Setembro 2017 | 11h52

IRBIL - A maioria dos curdos iraquianos votou pela criação de um Estado independente, disse nesta quarta-feira, 27, o Comitê de Eleições e Referendo. A votação desagradou o governo de Bagdá.

+ Entenda: Curdos, um povo sem Estado e em busca de reconhecimento

Hendrin Mohammed, líder do comitê eleitoral, anunciou em uma entrevista coletiva que o referendo teve 92,73% de apoio e contou com cerca de 72% de participação da população.

Autoridades regionais já haviam assegurado que uma vitória do "sim" não significaria de imediato uma declaração de independência, mas uma pressão sobre Bagdá para assegurar repasse financeiro e uma maneira de manter sua relevância para o Ocidente.

O referendo de independência contava com a oposição de Bagdá e de quase todos os países da região, exceto Israel. Na semana passada, a Turquia disse que tomaria medidas de segurança em resposta à votação por considerar um "erro terrível". / REUTERS e ANSA

 

Mais conteúdo sobre:
Iraque [Ásia] Referendo Curdistão Curdo

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.