MAURICIO DUEÑAS CASTAÑEDA / EFE
MAURICIO DUEÑAS CASTAÑEDA / EFE

Mais de 90 mil cruzam a fronteira entre Colômbia e Venezuela

Esse foi o primeiro fim de semana de abertura dos pontos fronteiriços após acordo feito entre os presidentes Juan Manuel Santos e Nicolás Maduro

O Estado de S. Paulo

14 Agosto 2016 | 19h48

Mais de 90 mil pessoas cruzaram a fronteira entre Colômbia e Venezuela no primeiro fim de semana da abertura gradual dos pontos fronteiriços, após acordo entre os presidentes Juan Manuel Santos e Nicolás Maduro. 

Conforme os dados divulgados ontem pelo Migração Colômbia, apenas no Norte de Santander, uma das diferentes passagens habilitadas, 84 mil pessoas se movimentaram. Pela Puente José Antonio Páez, entre o departamento (Estado) de Arauca e o de Apresse, passaram 5 mil moradores dessa parte da fronteira. Já por Paraguachón, que liga La Guajira a Zulia, transitaram 1.400 pessoas.

A reabertura “ordenada, controlada e gradual” da fronteira foi acertada em reunião entre os presidentes da Colômbia e da Venezuela na semana passada.

Em 19 de agosto do ano passado, Maduro ordenou o fechamento de pontos ao longo dos 2.219 quilômetros de fronteira alegando que precisava combater traficantes de drogas que operavam na região e o contrabando, especialmente de gasolina. / EFE

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.