Mais de 900 presos por pornografia infantil

Mais de 900 pessoas foram detidas como parte de uma operação mundial contra pornografia infantil em sites da internet, incluindo 140 nos Estados Unidos, confirmaram autoridades policiais da Suíça. De acordo com o porta-voz da polícia federal suíça, as outras prisões foram efetuadas na Dinamarca, Finlândia, França, Grã-Bretanha, Hong Kong, Noruega, Espanha, Suécia e Suíça. Na semana passada, a polícia da Suíça já havia detido 10 pessoas com a ajuda de dados fornecidos pelas autoridades alfandegárias e imigratórias dos Estados Unidos. Oito dos detidos são suspeitos de molestar sexualmente crianças. A operação, que envolve 120 países, começou no início deste ano com uma investigação dentro de uma empresa de internet em Minsk, capital da ex-república soviética da Bielo-Rússia. Os investigadores partiram, então, à caça de compradores de material pornográfico infantil ao redor do mundo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.