Mais dez vôos são supensos por motivo de segurança

As companhias aéreas British Airways, Air France e Continental Airlines voltaram hoje a cancelar vôos que seguiriam para os EUA ou decolariam do país, em meio a informações de que autoridades americanas teriam sinais de inteligência indicando que a rede terrorista Al-Qaeda poderia estar planejando um ataque químico ou biológico num avião.Três funcionários do setor de inteligência dos EUA disseram ao The Washington Post haver a possibilidade de terroristas lançarem um agente biológico como o da varíola ou o antraz num avião para que as pessoas a bordo sejam contaminadas e, sem saber, ajudem a transmitir as doenças. Outro temor é o de que membros da Al-Qaeda tentem seqüestrar um avião usando armas químicas para incapacitar a tripulação e os passageiros. O jornal assinalou, porém, que as informações sobre um possível ataque químico ou biológico são vagas.Pelo menos dez vôos previstos para hoje e amanhã entre Europa e EUA foram cancelados, entre eles um da Continental que iria hoje de Glasgow (Escócia) para a cidade americana de Newark, dois da Air France que decolariam hoje e amanhã de Paris para Washington e um da British que partiria hoje de Londres para Miami.O mesmo vôo da British foi cancelado várias vezes em janeiro por motivo de segurança. "Há um punhado de vôos com que estamos preocupados, e a British cancelou metade deles", disse um funcionário americano. "Recebemos informações sobre ameaças que indicam o desejo da Al-Qaeda de atacar esses vôos em particular."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.