Mais dois candidatos se lançam à sucessão de Arafat

O parlamentar palestino Hassan Kreisheh e o líder de um pequeno partido de esquerda, Bassam Salhi, anunciaram que concorrerão ao cargo de presidente da Autoridade Nacional Palestina (ANP), nas eleições previstas para 9 de janeiro de 2005. O cargo foi exercido por Yasser Arafat até sua morte. Até ontem, só havia uma candidatura lançada oficialmente, a de Mahmoud Abbas, presidente da OLP e membro do Partido Fatah, o mesmo de Arafat.Hassan Kreisheh, de 46 anos, critica as políticas de Arafat e defende o combate à corrupção. Ele disse que pretende concorrer em nome da "maioria silenciosa" dos habitantes da Faixa de Gaza e da Cisjordânia e espera posicionar no meio-termo entre o Fatah e os partidos radicais islâmicos. Já Bassam Salhi, de 44, lidera o Partido do Povo, uma agremiação política com raízes comunistas. Na década de 80, ele presidiu o grêmio estudantil da Universidade Bir Zeit, na Cisjordânia. Tem mestrado em relações internacionais.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.