Mais dois morrem em ataques xenófobos na África do Sul

Aumenta para 20 as vítimas fatais desde que começaram os ataques há uma semana

Efe,

19 de maio de 2008 | 06h22

Um novo confronto de caráter xenófobo em um bairro de Johanesburgo causou duas mortos o que aumenta para 20 as vítimas fatais desde que começaram os ataques há uma semana, informou a cadeia de radiotelevisão pública SABC. O choque, no qual foram incendiados 26 barracos, ocorreu no empobrecido bairro de Tembisa, o mesmo lugar onde pelo menos cinco pessoas morreram pela mesma razão. Não se sabe a nacionalidade dos mortos e também das vítimas do fim de semana, embora fontes policiais assegurem que os ataques são perpetrados contra cidadãos zimbabuanos e moçambicanos. Desde o começo da semana passada Johanesburgo é o palco de uma onda de ataques contra estrangeiros que habitam assentamentos. Embora a presença policial já tenha sido reforçada em alguns deles, as autoridades decidiram nesta segunda-feira aumentar ainda mais o número de agentes para tentar acalmar a situação.

Tudo o que sabemos sobre:
África do Sulataques

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.