Mais dois soldados americanos morrem no Iraque

Dois soldados do Exército dos Estados Unidos morreram em incidentes separados no norte do Iraque, informaram autoridades americanas no país árabe. Um soldado morreu na explosão de uma bomba posicionada no acostamento de uma estrada a seis quilômetros de Tikrit, disse o major americano Neal O´Brien, porta-voz da 1ª Divisão de Infantaria do Exército dos EUA. A explosão ocorreu perto de Uja, o vilarejo onde nasceu o ex-ditador Saddam Hussein e onde membros de sua família moram até hoje. Outro soldado morreu nesta quarta-feira devido aos ferimentos sofridos em um ataque contra uma patrulha americana na cidade de Mossul, a cerca de 200 quilômetros de Tikrit, anunciou o comando militar americano por meio de um comunicado. A identidade dos soldados não será divulgada até que seus familiares sejam devidamente notificados. Desde a invasão do Iraque por forças lideradas pelos EUA, em 20 de março de 2003, 1.039 soldados americanos morreram no país árabe, segundo dados do Departamento de Defesa. O número inclui três civis que trabalhavam para o Exército.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.