Mais dois soldados dos EUA são mortos no Iraque

Dois soldados norte-americanos foram mortos no Iraque em uma explosão na província de Diyala no domingo, informou o Exército dos EUA em um comunicado nesta segunda-feira, dia 1º.Com essas baixas sobe para ao menos 112 o número de soldados mortos em dezembro, o mês mais mortal para os americanos no Iraque em mais de dois anos e eleva para ao menos 3.001 o número de mortos desde a invasão em março de 2003.O marco no número de mortes foi divulgado no domingo no site na internet www.icasualties.org.CivisO número de civis iraquianos mortos em violência política atingiu um novo recorde em dezembro, depois de um grande aumento no mês anterior, mostraram dados oficiais do Ministério do Interior na terça-feira (horário local).As estatísticas, amplamente vistas apenas como indicativas, mostraram que 12.320 civis foram mortos em 2006 no que as autoridades classificaram como violência "terrorista" - metade deles nos últimos quatro meses.Os dados de 1.930 civis mortos em dezembro são três vezes e meia maiores que os 548 registrados em janeiro, antes do aumento dos assassinatos sectários, que se seguiram à destruição do principal santuário xiita em fevereiro.Todas as estatísticas são controvertidas no Iraque. O número de 3.700 mortes em outubro, o último dado fornecido pela Organização das Nações Unidas (ONU), baseado em informações do Ministério da Saúde e do necrotério de Bagdá, foi apontado como exagerado pelo governo iraquiano.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.