Mais seis soldados americanos morrem no Iraque

Quatro soldados americanos, um soldado iraquiano e um marine foram mortos durante combates na província e Anbar, a oeste de Bagdá no fim deste sábado, informaram as Forças armadas americanas neste domingo. As mortes ocorreram no sábado e, com elas, o total de mortos nesse dia chega a 25 - o terceiro maior desde o início da guerra, em 2003.Os militares não ofereceram detalhes do combate em que ocorreram as mortes, nem revelaram a identidade dos mortos. As novas tropas estarão operando com força total no Iraque em fevereiro, segundo comunicado americano.Enquanto isso, funcionários do governo iraquiano disseram que os assassinos que atacaram quartéis xiitas na cidade de Karbala, matando outros cinco soldados no sábado, estavam usando uniformes militar. No ataque, foram usados granadas e armas de fogo.Antes do novo anúncio, as baixas de sábado incluíam 12 mortos na queda de um helicóptero, cinco mortos em um ataque em Kerbala e dois mortos por bombas de beira de estrada.Bomba mata civisPelo menos seis pessoas morreram e 15 ficaram feridas na explosão de uma bomba, escondida nos assentos de um microônibus no centro de Bagdá, segundo policiais no domingo.Os passageiros se dirigiam ao bairro vizinho de Kerrada quando o artefato explodiu, no momento em que o veículo começou a se movimentar. No leste de Bagdá, um carro-bomba explodiu na rua Palestina e deixou uma pessoa morta e cinco feridas, segundo também policiais.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.