REUTERS/Beawiharta
REUTERS/Beawiharta

Mais três corpos são encontrados após naufrágio na Indonésia

São 186 o número de pessoas desaparecidas após o naufrágio de um navio na tarde da última segunda-feira, 18

O Estado de S.Paulo

20 de junho de 2018 | 04h19

JACARTA - As autoridades da Indonésia relataram nesta quarta-feira, 20, que recuperaram mais três corpos e aumentaram para 186 o número de pessoas desaparecidas após o naufrágio de um navio na tarde da última segunda-feira, 18, no lago Toba, na ilha de Sumatra.

Durante as primeiras horas após o acidente, 18 pessoas foram resgatadas com vida e um corpo foi recuperado. O porta-voz da Agência Nacional de Busca e Resgate em Medan, Hisan Turnip, disse à Agência Efe, por telefone, que outros dois corpos foram recuperados pelas equipes de resgate nas últimas horas, subindo para três o número de mortos. Além disso, Hisan afirmou que segundo relatos dos familiares, pelo menos 207 pessoas viajavam na embarcação.

Por sua vez, o porta-voz da Agência Nacional de Gestão de Desastres, Sutopo Purwo Nugroho, afirmou que o barco, ocupado acima da sua capacidade, não tinha um registro de passageiros, o que dificulta precisar o número exato dos desaparecidos.

A Agência de Climatologia, Meteorologia e Geofísica (BMKG, sigla em indonésio) afirmou ao jornal local Detik que seu escritório na região emitiu dois alertas devido ao mau tempo extremo horas antes que o navio virasse.

O acidente ocorreu na tarde de segunda-feira durante a rota que liga a cidade de Tigaras com a ilha de Samosir, entre altas ondas e o mau tempo, o que obrigou a interrupção das operações de resgate na primeira noite.

+ Terroristas voltam a usar crianças em ataque com bomba na Indonésia

Centenas de agentes da polícia, exército e equipes de resgate continuam as operações nesta quarta-feira, 20, que também conta com veículos operados por controle remoto.

Na semana passada, pelo menos 16 pessoas morreram após outro naufrágio perto da costa sul da ilha de Celebes, na região central do arquipélago. Dezenas de pessoas perdem a vida todos os anos na Indonésia em acidentes marítimos causados pelo mau tempo, infraestruturas precárias ou sobrecarga de passageiros e mercadorias. /EFE

Mais conteúdo sobre:
Indonésia [Ásia]naufrágio

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.