Mais um americano capturado no Iraque; nova decapitação

Homens armados seqüestraram um americano de origem libanesa em Bagdá, o segundo cidadão dos EUA capturado no Iraque nesta semana. Além disso, terroristas divulgaram um vídeo mostrando a decapitação de um militar iraquiano e emitiram um alerta para os que fazem negócios com os "infiéis".Radim Sadeq, um executivo americano de origem libanesa, foi capturado por volta da meia-noite em sua casa no bairro Mansour, dizem autoridades. Nenhum grupo reivindicou o seqüestro até o momento. Mais de 170 estrangeiros já foram capturados e 30 mortos no Iraque desde a queda da ditadura de Saddam Hussein. Pelo menos seis dos mortos foram decapitados por seguidores do jordaniano Abu Musab al-Zarqawi, que se declarou fiel à Al-Qaeda.Outro grupo terrorista, o Exército Ansar al-Sunnah, divulgou um vídeo na internet mostrando a decapitação de um homem identificado como major Hussein Shanoun e acusado de ser um "apóstata" que atacou rebeldes iraquianos. Antes de ser morto, o major aconselha os militares e policiais iraquianos a parar de "lidar com as tropas infiéis".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.