Mais um caminhoneiro turco é morto no Iraque

Rebeldes iraquianos pararam um comboio de caminhões e mataram um caminhoneiro turco que não foi capaz de recitar orações islâmicas, informou a tevê turca. É o segundo caminhoneiro turco morto no Iraque em menos de uma semana. Segundo a TV turca CNN-Turk, Osman Alisan, de 53 anos, foi morto a tiros na segunda-feira, em Filfayl, no norte do Iraque e perto da fronteira da Turquia. Outro motorista da mesma nacionalidade continua desaparecido. Alisan transportava combustível para as forças dos EUA.Na segunda-feira, um site islâmico mostrou a execução de outro motorista turco, Murat Yuce, o que levou uma associação de transportadoras a pedir a suspensão das viagens ao Iraque. Hoje, o ministro do Comércio Exterior turco, Kursat Tuzmen, disse que o país continuará negociando com o Iraque, mas adotará medidas para proteger os motoristas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.