Mais um iraniano detido por atentado na Argentina

Um diplomata iraniano, procurado pela Justiça argentina por seu suposto envolvimento no atentado de 1994 contra a Associação Mutual Israelita-Argentina (Amia), foi preso hoje na Bélgica e libertado horas depois, segundo autoridades do país europeu. A polícia belga esclareceu que Saied Baghban foi libertado por possuir imunidade diplomática. O ex-embaixador do Irã na Argentina, Hadi Suleimanpur, foi detido quinta-feira na Grã-Bretanha, sob a mesma acusação.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.