Mais uma bomba é encontrada em praia da Espanha

Especialistas em explosivos encontraram uma bomba nesta segunda-feira na praia de Santa Pola a sudeste da Espanha, supostamente colocada por separatistas do grupo armado basco ETA. A bomba foi desativada, disse o porta-voz do governo municipal. O artefato foi localizado em uma mochila enterrada a 1,5 metro de profundidade, aos pés de uma palmeira, pela brigada antibombas, quando seus membros efetuavam uma varredura na praia com uma escavadeira. Eles desativaram a bomba de cinco quilos, disse o porta-voz da Prefeitura de Santa Pola, José Mazon. Um homem que disse pertencer ao ETA advertiu na sexta-feira sobre a colocação de duas bombas, uma na cidade próxima de Torrevieja, que explodiu no mesmo dia numa lanchonete sem deixar vítimas, e outra em Santa Pola. A segunda bomba não foi localizada na sexta-feira, apesar de uma ampla operação de busca que exigiu a desocupação de 700 metros de praia em plena temporada turística. Em outra chamada telefônica no domingo, uma pessoa avisou que a bomba ainda estava na praia, e a polícia finalmente a encontrou hoje. Juan de Diós Colmenero, porta-voz do ministério do Interior, disse que a bomba deve ser a mesma mencionada pelo ETA. Em 4 de agosto, foi detonado em Santa Pola um veículo carregado com explosivos, causando a morte de duas pessoas, entre elas uma menina de seis anos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.