Mais uma suspeita de antraz em NY

O porta-voz da Casa Branca, Ari Fleischer, disse que há mais duas suspeitas de infecção cutânea pela bactéria do antraz nos EUA. Uma delas é um funcionário do mesmo hospital de Nova York onde trabalhava uma mulher morreu hoje pela manhã, devido a antraz pulmonar. O outro é um homem do Estado de Delaware que trabalha numa agência do correio de Bellmawr, em Nova Jersey. A agência do correio onde ele trabalha foi fechada e está sendo submetida a testes. Lituânia A emissora britânica BBC informou que traços da bactéria antraz foram encontrados na mala diplomática da embaixada dos EUA na Lituânia. De acordo com a BBC, os resultados de testes mais conclusivos devem ser divulgados em 48 ou 72 horas. Cinco malas de correio estão sendo examinadas em um laboratório em Vilna, a capital lituana. Vários funcionários da embaixada estão tomando medicamentos preventivos. Leia o especial

Agencia Estado,

31 Outubro 2001 | 17h20

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.