Malásia aprova divórcio pelo celular

Conseguir um divórcio rapidamente adquiriu um novo significado na Malásia, onde o governo decidiu que um homem pode se divorciar da mulher apenas mandando uma mensagem escrita pelo celular. O conselheiro do governo para assuntos religiosos disse que, contanto que a mensagem seja clara e não dê espaço para intepretações diferentes, essa nova forma de divórcio é válida sob a sharia, a lei islâmica. "A mensagem pelo celular é apenas uma outra forma de escrita", disse o conselheiro Abdul Hamid Othman. A novidade ocorreu depois que um tribunal do país tomou uma decisão, na quinta-feira, em defesa de um homem que havia declarado o divórcio à mulher enviando a ela uma mensagem pelo celular. O juiz Mohmad Fauzi Ismail decidiu que a declaração de divórcio era válida e que o casamento entre Shamsudin Latif e a mulher, Azida Fazlina Abdul, estava anulado. Shamsudin teria enviado à mulher a seguinta mensagem: "Se você não deixar a casa de seus pais, eu estarei divorciado". Ainda que tal notificação de divórcio possa parecer extremamente curta para alguns, de acordo com a lei islâmica, os homens têm o direito de se divorciarem de suas mulheres simplesmente ao dizer a palavra talaq ? que significa "eu me divorcio de você" ? três vezes.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.