Malásia confirma segundo caso de gripe suína

A Malásia confirmou hoje seu segundo caso de gripe suína, em uma mulher que recentemente retornou dos Estados Unidos no mesmo voo em que estava a primeira pessoa do país a obter resultado positivo para o vírus da influenza A (H1N1). Ramlee Rahmat, vice-diretor-geral do Ministério da Saúde, disse que a mulher chegou na última quarta-feira (dia 13) e foi hospitalizada ontem, no Estado de Penang.

NATHÁLIA FERREIRA, Agencia Estado

16 de maio de 2009 | 10h05

Testes confirmaram hoje que ela estava infectada com o vírus da gripe suína, que já matou mais de 70 pessoas no mundo. Mas Rahmat afirmou que não há receio de que a doença esteja se espalhando no país. A mulher era amiga do homem de 21 anos que também foi detectado com o vírus. "Aconteceu de eles estarem juntos. Foi assim que eles contraíram", disse Rahmat. "Os dois estão em condição estável. A situação está sob controle."

O ministério informou que a família da mulher recebeu medicamento antiviral e está em quarentena em casa como medida de precaução. Autoridades ainda tentam rastrear os 119 passageiros e tripulantes que estavam no mesmo voo com os dois pacientes e ainda estão no país. As autoridades deram à Organização Mundial da Saúde (OMS) os nomes de outras 73 pessoas que estavam no voo mas já deixaram a Malásia. As informações são da Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
gripe suínaOMS

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.