Malásia muda de governante após 22 anos

Abdullah Ahmad Badawi tornou-se o primeiro novo primeiro-ministro da Malásia em uma geração, sucedendo a Mahathir Mohamad, que governou o país por mais de 22 anos. A aposentadoria de Mahatir encerra uma era de homens fortes da Ásia - como Ferdinand Marcos, das Filipinas, ou Suharto, da Indonésia - que, mantiveram o poder por longos períodos e impuseram suas marcas pessoais na região.Abdullah, que era vice de Mahatir, foi empossado como o quinto primeiro-ministro malaio pelo rei Syed Sirajuddin Putra Jamalullail, o chefe de Estado.O líder eleito que mais tempo ficou no cargo em toda a região, Mahatir, de 77 anos, governou a Malásia a partir de 1981 e liderou a transformação do país, de um produtor de estanho e borracha em exportador de alta tecnologia e uma das nações mais ricas e desenvolvidas do Sudeste Asiático.Seu sucesso, no entanto, foi manchado por inclinações autoritárias, o uso excessivo de leis que permitiam prisões sem julgamento, a imposição de censura à mídia e a proibição de manifestações da oposição.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.