Malaysia Airlines confirma perda de contato com o voo MH17

Segundo a empresa, o último contato foi feito com autoridades de controle de voo a 50 km da fronteira entre a Rússia e a Ucrânia

O Estado de S. Paulo

17 Julho 2014 | 13h01

KUALA LAMPUR  -A Malaysia Airlines informou por meio do Twitter nesta quinta-feira que perdeu contato com o voo MH17, que partiu de Amsterdã e caiu no leste da Ucrânia. A empresa disse que a última posição conhecida do avião era sobre o espaço aéreo ucraniano.

Segundo a Malaysia Airlines, o último contato foi feito com autoridades de controle de voo a 50 km da fronteira entre a Rússia e a Ucrânia.

O premiê da Malásia Najib Razak lamentou o acidente e prometeu investigá-lo. 

É o segundo acidente envolvendo a Malaysia Airlines este ano. Em março, o voo MH370, que ia de Kuala Lampur para Pequim, desapareceu no Oceano Índico sem deixar rastros

Mais conteúdo sobre:
Voo MH17UcrâniaRússia

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.