Malaysia Airlines divulga nacionalidades dos 298 passageiros

Maior parte das vítimas da queda do avião era da Holanda, Austrália e Malásia; incluindo três crianças

O Estado de S. Paulo, O Estado de S. Paulo

19 de julho de 2014 | 09h07

Em comunicado, a companhia área Malaysia Airlines divulgou neste sábado, 19, as nacionalidades dos 298 passageiros mortos na queda do voo MH17.

Os passageiros eram:

- 192 holandeses, entre eles um com cidadania americana

- 44 malaios, incluindo 15 tripulantes e duas crianças 

- 27 australianos

- 12 indonésios, incluindo uma crianças

- 10 britânicos, entre eles um com cidadania sul-africana

- 4 alemães

- 4 belgas

- 3 filipinos

- 1 canadense

- 1 neozelandês

O Boeing 777 caiu no leste da Ucrânia, quando partiu na quinta-feira, 17, de Amsterdã para Kuala Lumpur. A aeronave estava a 10 mil metros de altitude e cruzava uma região conflagrada pelo choque entre o Exército ucraniano e milícias separatistas entre as cidades de Donestsk e Luhansk, próximo à fronteira da Rússia.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.