Mali: Al-Qaeda assume autoria de morte de jornalistas

O grupo extremista Al-Qaeda no Magreb Islâmico, braço da rede no norte da África, reivindicou nesta quarta-feira a responsabilidade pela morte de dois radiojornalistas franceses no fim de semana.

AE, Agência Estado

06 de novembro de 2013 | 20h57

A autoria dos assassinatos foi publicada em um site na internet usado com frequência por grupos extremistas islâmicos para reivindicar ataques.

"A organização considera este o menor dos preços a ser pago pelo presidente François Hollande e por seu povo por causa de sua nova cruzada", diz o comunicado.

Os radialistas foram sequestrados e mortos no sábado perto de Kidal, no norte do Mali. Fonte: Associated Press.

Mais conteúdo sobre:
MaliAl-Qaeda

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.