´Mamãe fugitiva´ é condenada por seqüestro nos EUA

Uma mulher adulta que fugiu para a Flórida com o filho de oito anos e o amante de 16 foi condenada pelo seqüestro do adolescente, Christopher Cole, agora com 17 anos de idade. A mulher, Jennifer Malone, de 32 anos, havia desaparecido, com os dois meninos, em junho. Uma caçada nacional aos três terminou depois de dez dias.O caso foi a júri na tarde desta quarta-feira, 20. Promotores afirmaram que Malone usou sexo para envolver e seqüestrar Cole.O advogado de defesa, Adam Bernstein, argumentou que o relacionamento era consensual, e que Cole, se quisesse partir, teria encontrado ampla oportunidade. O ex-marido de Malone testemunhou dizendo ter pensado que o filho havia saído para passar a noite na casa de amigos, e depois ficou preocupado ao não receber notícias da mulher.Ele testemunhou, ainda, que no período em que a mulher era dada como desaparecida, havia recebido, pelo correio, o rádio via satélite do carro dela. A promotoria afirmou que isso era evidência de que ela tentava esconder sua localização.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.