Mandela desistiu nas últimas horas de vida, diz amigo

Um amigo próximo da família de Nelson Mandela, que visitou o ex-presidente sul-africano em suas últimas horas de vida, disse que Mandela não respirava com a ajuda de aparelhos e que dormia tranquilamente. Segundo Bantu Holomisa, era claro que Mandela estava "desistindo" do que seria sua última batalha.

AE, Agência Estado

08 de dezembro de 2013 | 14h49

Holomisa, que conhece Mandela desde sua liberação da prisão em 1990, disse à Associated Press neste domingo que ele foi chamado pela família do ex-presidente devido à deterioração na condição de saúde de Mandela. Quando ele chegou, cerca de 20 membros da família estavam reunidos em casa.

"Eu já vi pessoas em suas últimas horas de vida e naquele momento eu senti que ele havia desistido", disse Holomisa. Mandela morreu duas horas depois, aos 95 anos de idade. Fonte: Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
África do SulMandela

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.