Arquivo/Reuters
Arquivo/Reuters

Mandela está consciente e reconhece as pessoas, diz sobrinho

Presidente da África do Sul visitou o líder antiapartheid e afirma que ele 'responde ao tratamento'

O Estado de S. Paulo,

10 de julho de 2013 | 14h16

(Atualizada às 14h50) JOHANESBURGO - O ex-presidente sul-africano Nelson Mandela, internado há mais de um mês para tratar uma infecção pulmonar, está consciente e reconhece as pessoas que o visitam no hospital de Pretória, disse nesta quarta-feira, 10, o rei Buyelekhaya Dalindyebo, da etnia thembu, à qual pertence o clã Madiba, e também sobrinho do líder antiapartheid.

"Ele não podia falar mas me reconheceu e fez gestos de reconhecimento, como mover os olhos", disse Dalindyebo, após visitar Mandela nesta quarta-feira. "Cada vez que eu falava, ele consentia com a cabeça."

Segundo o rei, o ex-presidente está entubado. Ele foi internado no dia 8 de junho e seu estado de saúde é considerado crítico, mas estável.

O presidente da África do Sul, Jacob Zuma, afirmou que Mandela "responde ao tratamento". "Nos sentimos fortes ao ver que Madiba está respondendo ao tratamento e pedimos que o povo continue dando suporte e demonstrações de seu amor, o que dá força a ele (Mandela) e sua família", disse Zuma, após visitar o ex-presidente.

Na terça-feira, Ndaba Mandela, um dos netos do líder antiapartheid, disse que o avô "responde quando falam com ele". Ndaba também pediu que as pessoas "comemorem a vida" de Mandela, que completa 95 anos no dia 18./ EFE e REUTERS

 
Tudo o que sabemos sobre:
Nelson MandelaÁfrica do Sul

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.