Arquivo/AP
Arquivo/AP

Mandela está em 'estado vegetativo permanente', diz agência

Porta-voz do presidente da África do Sul nega informação da 'AFP' e diz que estado de saúde continua grave

O Estado de S. Paulo,

04 de julho de 2013 | 13h03

(Atualizada às 18h45) JOHANESBURGO - O ex-presidente sul-africano Nelson Mandela está em "estado vegetativo permanente e respira por aparelhos para se manter vivo", segundo informações da agência AFP. A notícia está em um documento jurídico que teria sido apresentado, segundo a AFP, pelos familiares do líder antiapartheid na semana passada no tribunal de Mthatha.

"O estado de saúde de Mandela piorou e os médicos aconselham a família Mandela a desligar os aparelhos que o mantêm vivo", continua o documento, do dia 26 de junho, no qual a família solicita a exumação dos corpos de três filhos do ex-presidente.

Um porta-voz do presidente Jacob Zuma, desmentiu a informação. "Claramente não existe um estado vegetativo...Mandela continua em estado crítico, mas estável", disse Mac Maharaj. Um comunicado do governo diz que "os médicos negaram que o ex-presidente esteja em estado vegetativo".

O porta-voz, entretanto, apressou-se a acrescentar que não poderia confirmar se o ex-presidente está sendo mantido vivo por meio de equipamentos, citando regras de confidencialidade entre médico e paciente.

Nesta quinta-feira, 4, o presidente Jacob Zuma visitou Mandela no hospital de Pretória e afirmou que não houve qualquer mudança na condição "séria, mas estável" de Madiba, como o ex-presidente é carinhosamente chamado no país.

Durante um evento em Johanesburgo, a esposa de Mandela, Graça Machel, disse que ele está desconfortável, mas raramente sente dor nesse período em que está hospitalizado./ DOW JONES

 
Tudo o que sabemos sobre:
Nelson MandelaÁfrica do Sul

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.