Mike Hutchings/Reuters
Mike Hutchings/Reuters

Mandela sai do hospital e continuará tratamento em casa

Ex-presidente sul africano, de 92 anos, havia sido internado por problemas respiratórios

AE, Agência Estado

28 de janeiro de 2011 | 09h23

CIDADE DO CABO - O ex-presidente sul-africano Nelson Mandela recebeu alta nesta sexta-feira, 28, do hospital e seguirá fazendo tratamento em casa, segundo informou uma autoridade médica do país. Mandela, de 92 anos, havia sido internado na quarta-feira, com problemas respiratórios.

Mais cedo, o vice-presidente da África do Sul, Kgalema Motlanthe, disse em um comunicado que Mandela não corre risco de vida. "Em termos médicos, não há necessidade para pânico. O doutor Mandela sofre de indisposições comuns a pessoas de sua idade, e limitações que se desenvolveram ao longo dos anos", comentou. "Nós devemos recordar que ele já sofreu de tuberculose enquanto estava em Robben Island (na prisão) e já teve infecções respiratórias anteriores".

Uma fonte próxima de Mandela disse ontem que ele estava "bem doente", mas isso "não representava risco de vida". "Ele veio para um check-up mas o médico decidiu mantê-lo (no hospital) para observação", comentou.

Mandela ficou 27 anos preso por sua luta contra o fim do Apartheid na África do Sul, voltando à vida pública em 1990, para liderar a transição para a democracia. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
MandelaÁfrica do Sulinternaçãoalta

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.