Efe
Efe

Manifestação contra desvalorização da moeda causa tumultos no Irã

Tropas de choque invadiram o distrito de Ferdowsi, onde prenderam cambistas ilegais e ordenaram o fechamento de lojas e casas de câmbio licenciadas

AE, Agência Estado

03 de outubro de 2012 | 09h45

TEERÃ - Tumultos com a polícia e um protesto agitaram o centro de Teerã nesta quarta-feira, 3, no primeiro sinal de descontentamento público com a desvalorização do rial, a moeda do Irã, que nesta semana perdeu mais da metade de seu valor.

Veja também:

linkMoeda do Irã tem forte queda e Washington comemora

linkSanções fazem Irã apelar para medidas de controle do câmbio

forum CURTA NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK

Tropas de choque invadiram o distrito de Ferdowsi, onde prenderam cambistas ilegais e ordenaram o fechamento de lojas e casas de câmbio licenciadas. Uma manifestação no Grande Bazar, um dos principais pontos turísticos de Teerã, cujas lojas são vitais para a cidade, foi logo dispersada pela polícia. Os comerciantes ameaçaram não abrir as portas nesta quarta-feira, mas a polícia afirmou que agirá contra os lojistas que aderirem ao protesto.

A população está cada vez mais descontente com a combinação de desvalorização da moeda e aumento de preços, que colocou produtos triviais como carne de frango e de carneiro fora do alcance de muitos iranianos de baixa renda.

O acentuado declínio do rial é atribuído às sanções impostas pelo Ocidente e políticas do governo. O problema também está enfraquecendo o presidente Mahmoud Ahmadinejad, que está sendo culpado por seus adversários de causar a situação.

As informações são da Dow Jones e Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
Irãmoedaprotestos

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.