Manifestação pró-palestinos reúne 50 mil em Roma

Cerca de 20.000 manifestantes pró-palestinos marcharam hoje pelas ruas de Roma para exigir que Israel se retire dos territórios ocupados em sua campanha militar. No entanto, três dos sindicatos mais importantes da Itália e dois partidos de esquerda decidiram não participar do protesto depois que líderes judeus, preocupados com os ataques anti-semitas em outras cidades européias, condenaram o tom da manifestação. Mesmo assim, a multidão marchou até a Piazza del Popolo, onde se encontraram com mais de 30.000 pessoas que já estavam presentes ao local. Alguns cartazes diziam "Intifada até a vitória".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.