Manifestações contra muro de segurança deixam 14 feridos

Oito manifestantes e seis agentes da polícia israelense de fronteiras ficaram feridos nesta sexta-feira durante um protesto de manifestantes palestinos e israelenses contra o "muro de segurança" que irá dividir a Cisjordânia ao meio, informou a rádio pública de Israel. Os incidentes ocorreram na zona de Beit Zair, próxima à área israelense de Modiín. A região é conhecido por ser um dos pontos - junto com a aldeia palestina de Bila´in, a oeste da cidade cisjordaniana de Ramallah - em que todas as sextas-feiras ocorrem manifestações e protestos. A polícia reprimiu os manifestantes desta sexta-feira com balas de borracha e gás lacrimogêneo, acrescentou a emissora israelense. Os enfrentamentos foram desencadeados quando os policiais e efetivos do exército decretaram o lugar como zona militar e foram apedrejados pelos manifestantes.

Agencia Estado,

10 Março 2006 | 14h07

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.