Manifestações de apoio à Pussy Riot ao redor do mundo

Manifestantes em mais de 30 cidades ao redor do mundo estão demonstrando seu apoio para a banda punk feminista Pussy Riot. As três integrantes do grupo estão presas há mais de cinco meses, desde que foram detidas após uma performance em que denunciaram o presidente Vladimir Putin na principal catedral ortodoxa de Moscou. Nesta sexta-feira deve sair o veredicto do caso.

AE, Agência Estado

17 de agosto de 2012 | 08h37

Uma ativista de topless serrou uma cruz na Ucrânia, máscaras foram colocadas em estátuas de soldados na Bulgária e cartazes pedindo por justiça podem ser vistos na Espanha. Os organizadores dos protestos esperam que milhares mais juntem-se às demonstrações de apoio às artistas do Pussy Riot, que podem pegar até sete anos de prisão.

O julgamento motivado acusações de vandalismo motivado por ódio religioso atraiu a atenção do mundo inteiro como um símbolo da intolerância do governo russo. Celebridades como Paul McCartney, Madonna e Bjork pediram a libertação das russas. Em Washington, Paris e outras cidades protestos estão agendados para esta sexta-feira. As informações são Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
RússiaPussy Riotveredicto

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.