Manifestações em Sanaa deixam ao menos 20 feridos

Pelo menos 20 pessoas ficaram feridas ontem em choques que envolveram diferentes grupos opositores em Sanaa. De um lado, estavam simpatizantes do partido Islah, que concordou com a concessão de imunidade ao líder Ali Abdullah Saleh, em troca de estabilidade na transição. De outro, membros do grupo rebelde houthi, que luta há anos contra o regime no norte do país. Ao longo de quase um ano de levantes contra Saleh, milhares foram mortos. Além da luta pelo poder, grupos no sul querem se separar do norte e a Al-Qaeda mantém operações no país. / G.C.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.