Manifestações por mais liberdade política se espalham pela Síria

Forças de segurança teriam disparado contra protestos em Deraa e interrompido manifestação em Damasco.

BBC Brasil, BBC

25 de março de 2011 | 17h03

Protestos por mais liberdades políticas se espalharam nesta sexta-feira pela Síria.

As principais manifestações foram na capital, Damasco, e nas cidades de Deraa, Tel e Hama.

Vídeos amadores mostram milhares de manifestantes gritando palavras de ordem nas ruas.

Imagem de cinegrafista amador mostra protesto em Deraa, na Síria

Na cidade de Deraa, testemunhas contam que homens armados dispararam contra a multidão deixando vários mortos.

Tiros foram ouvidos quando um grupo de manifestantes tentou atear fogo na estátua do ex-presidente Hafez Al-Assad, pai do atual presidente, Bashar Al-Assad. Muitos também gritavam contra Maher Al-Assad, chefe da guarda presidencial e irmão de Bashar.

Segundo analistas, a onda de protestos em Deraa é um dos maiores desafios já enfrentados pelo presidente desde que ele assumiu o governo, no ano 2000.BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Tudo o que sabemos sobre:
síriaprotestosderaadamasco

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.