Manifestantes apagam grafites em Madri

Os manifestantes que ocupam a Puerta del Sol, em Madri, desde a semana passada, começaram ontem a retirar cartazes e a apagar pichações de lojas da praça. A Câmara de Comércio de Madri enviou uma carta de protesto ao Ministério do Interior na qual diz que os protestos estão prejudicando os negócios na região. Os manifestantes culpam a classe política nacional por levar a Espanha à ruína econômica. No primeiro trimestre, o nível desemprego no país chegou a 21,19%.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.