Manifestantes bloqueiam pontes em Londres em alerta para as mudanças climáticas

Eles exigem que o governo britânico reduza a zero a emissão de carbono até 2025

O Estado de S. Paulo

17 de novembro de 2018 | 14h37

LONDRES - Manifestantes reinvidicando ações contra as mudanças climáticas bloquearam na manhã deste sábado, 17, cinco principais pontes em Londres, na Inglaterra. As cerca de 6 mil pessoas  que participaram do ato exigem medidas mais efetivas do governo britânico para a situação ambiental. Entre as demandas, estão a redução total da emissão de carbono até 2025 e a criação de uma assembleia civil para vigiar as políticas de meio ambiente. 

"Já fizemos manifestações, pressão política e petições, mas de nada serviu para iniciarmos a mudança necessária", afirmou à rede britânica BBC Tiana Jacout, membro do grupo responsável pelo protesto, Extinction Rebellion. 

A ação faz parte de uma série de protestos que aconteceram ao longo da semana. Na última quarta-feira, 14, membros do grupo bloquearam a Downing Street, onde se localiza a residência oficial da primeira-ministra Theresa May.  Na segunda, 12, se agarraram às grades do Ministério de Empresas, Energia e Indústrias. 

O grupo afirmou que 50 pessoas foram presas durante as ações feitas na capital britânica. A polícia, porém, não forneceu cifras oficiais. /EFE, AFP e AP 


 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.