Manifestantes do Bahrein bloqueiam Parlamento

Oposicionistas impediram entrada de legisladores da câmara alta; televisão estatal foi cercada

Associated Press

28 de fevereiro de 2011 | 11h01

Manifestantes fazem corrente humana na entrada do Parlamento. Foto: Hamad I Mohammed/Reuters

 

 

MANAMA - Manifestantes oposicionistas bloquearam nesta segunda-feira, 28, prédio do Parlamento do Bahrein e se concentraram em frente à emissora estatal em uma tentativa de aumentara a pressão sobre a monarquia após duas semanas de manifestações e confrontos.

 

Veja também:

mais imagens Galeria:   Veja imagens dos conflitos

especialInfográfico:  A revolta que abalou o Oriente Médio

blog Radar Global: Acompanhe os protestos na região

 

As demonstrações são parte da estratégia de juntar manifestantes em lugares importantes da capital Manama, e ao mesmo tempo manter protestos durante todo o dia na Praça da Pérola, principal ponto do país.

 

O cerco ao Parlamento coincide com uma reunião chamada por membros da câmara alta, nomeada pela monarquia do Bahrein. A sessão foi adiada quando manifestantes fizeram uma corrente humana ao redor de sua entrada.

 

Do Parlamento, os oposicionistas marcharam então até a sede da rede de televisão estatal, entoando slogans de protesto contra a dinastia sunita, que governa o país a mais de dois séculos.

 

Os xiitas, que compõem cerca de 70% dos 525 mil habitantes do Bahrein, há muito tempo reclamam de descriminação e outros abusos dos governantes sunitas.

Tudo o que sabemos sobre:
Bhareinmanifestaçõessunitasxiitas

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.