Manifestantes e polícia se enfrentam em Atenas

Em dia de greve geral e protestos, multidão agrediu ex-ministro na saída do Parlamento.

BBC Brasil, BBC

15 de dezembro de 2010 | 14h36

Policiais e manifestantes se enfrentaram nesta quarta-feira nas ruas de Atenas, capital da Grécia.

Os confrontos ocorreram em um dia de greve geral no país, convocada pelos sindicatos depois que o Parlamento grego aprovou uma série de reformas econômicas.

Manifestantes jogaram bombas incendiárias e pedras contra os policiais, que responderam com gás lacrimogêneo.

Um ex-ministro conservador foi agredido pela multidão na saída do prédio do Parlamento. O congressista foi alvo de socos e terminou com o nariz sangrando, enquanto os manifestantes gritavam "ladrão".

Entre as reformas aprovadas, está um valor máximo para os salários de funcionários de vários serviços públicos gregos.

Os ajustes são uma exigência do Fundo Monetário Internacional (FMI) e da União Europeia (UE), depois de um empréstimo de 110 bilhões de euros (cerca de R$ 250 milhões) concedido à Grécia em maio deste ano.BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Tudo o que sabemos sobre:
gréciaatenasgreveprotestofmiue

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.